25 de outubro de 2012

Porta Branca




Apesar de escreveres a verdade

nessa porta branca

não te iludas

continuarás a ser um estranho

6 comentários:

Isa Lisboa disse...

Uma reflexão intrigante!

Beijos, um bom fim de semana

heretico disse...

a verdade perturba. sempre...

abraço

Mar Arável disse...

A verdade

deve ser sempre questionada

. intemporal . disse...

.

.

. ainda que . é assim .

.

. um abraço .

.

.

© Piedade Araújo Sol disse...

será?

tenho as minhas dúvidas.

beijo

... a cada instante ... disse...

sim. porque a verdade não tem cor, nem portas, nem rosto estranho.

Abraço.