16 de novembro de 2012

Flores

"Spleen et Ideal" - Carlos Schwabe


Assim como divido

também multiplico

destruindo

construo

aniquilando

edifico

dizendo

calo

recordando

esqueço

vivendo

morrro

no tumulo

floresço

5 comentários:

Isa Lisboa disse...

Do caos... nasce vida...

Beijo, boa semana

heretico disse...

pulsão de vida. que renasce, sempre!

abraço

Mar Arável disse...

O ciclo interminável das marés

Rita Freitas disse...

E assim é a dualidade humana.

Bjs

~pi disse...

esquecer como quem lembra(s(se.






~