27 de julho de 2009

Lugares




Para sermos um turbilhão que corre para a luz do acordar
Para sermos infindáveis e belos
Para sermos línguas de fogo e ardermos no pensar da carne.

Sem comentários: