3 de dezembro de 2012

Fim



Chegou ao fim o Infinito… ao longo de quase 3 anos. Fui grafitando pedaços de mar, estilhaços que se propõem poemas. Foram feitas 103 entradas, realizados muito mais comentários que aqueles que esperava e merecia, uma vez que a minha retribuição foi sempre irregular e escassa. Agradeço por isso aos amigos invisíveis mas audíveis, que me acompanharam com tenacidade ao longo desde projecto. Num país em que é quase impossível publicar com a dignidade que a poesia merece, agradeço profundamente a atenção e carinho que a este livro gratuitamente dedicaram e ao longo deste tempo fomos escrevendo.


Até breve em qualquer lado

Carlos Ramos

13 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

até sempre!
vemo-nos por aí.

;)

Hanaé Pais disse...

Porquê?
Porque parte?
Nunca se deixa ninguém para trás.

De alguém, algures, que gosta do que escreve.

Maria disse...

Acho que vais voltar.
Num outro espaço, aqui.
Fico à espera, já que a tua poesia é imprescindível...
Obrigada por momentos de leitura tão bons que me deste.

Abraço.
Até já.

Carlos Ramos disse...

H. Pais obrigado pelas palavras é sempre muito gratificante,não imaginava ter leitores assim, são um enorme incentivo, mas tudo tem um começo e consequentemente um fim. Mas o fim deste projecto quer apenas dizer que eventualmente surgirá um outro, não sei quando nem como, até porque não vivo sem a escrita, faz parte do meu ADN. Piedade e Maria, agradeço-vos também a vossa simpatia.

Até breve

Isa Lisboa disse...

Apesar de não ter descoberto o teu blog logo que comecei a escrever por aqui, gostei do que aqui li. Parabéns pela poesia que aqui nos deixaste.

Até breve!

Beijo

manuela baptista disse...

eu também andei por aqui, calada

a poesia, raramente se pode comentar

mas não se pode desamar


assim, continuará a escrever,
estou certa disso

um abraço

heretico disse...

um privilégio descobrir tua poesia.

espero um dia (inesperadamente?)deparar com teus poemas nos escaparates das livrarias...

abraço, tudo de bom!

Rita Freitas disse...

Até sempre!

partilha de silêncios disse...

Votos de um Feliz Natal

bjs

Carlos Ramos disse...

Desejo a todos um 2013 feliz, com tudo o que de individual e subjectivo isso tem. Heretico, não será fácil, publicar em papel, mas nunca se sabe. Irei tentar pelo menos mais uma vez.

Abraço a todos e continuação de bom trabalho

voodaalma disse...

Acabei de chegar e você de partida.
Um abraço.

Anónimo disse...

Não nos deixe para trás!
Volte!

© Piedade Araújo Sol disse...

achei que podia ter voltado....

:(