27 de maio de 2011

Olhos



 
A luz deslumbrante dos teus

Perdidos no sal dos meus

2 comentários:

Graça Pires disse...

Olhares que se ajustam...
Beijos.

© Piedade Araújo Sol disse...

não devia ser sal
antes sol a iluminar o poema.
gostei!